Eficiência energética em motores flex com enriquecimento de hidrogênio obtido por reforma catalítica embarcada

Chamada Pública 01/2020 - Linha V


Situação: Em Contratação



Valor: R$ 3.099.807,58



Início: Em breve



Término:


  • ICTs: Fundação Educacional Inaciana – FEI; Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG; Instituto Nacional de Tecnologia – INT; Universidade Federal de São Carlos – UFSCAR
  • Empresas: AVL South América; Sabó Indústria e Comércio de Autopeças
  • Coordenador Geral: Ricardo Belchior Torres
  • Eixo: BIOET
  • Chamada Pública: 01/2020
  • Contrapartida Econômica: R$ 2.351.280,00

  • OBJETIVO GERAL:

Este projeto de pesquisa tem como objetivo principal contribuir no atendimento às demandas da indústria automobilística, motivadas pelo Programa Rota 2030, referentes ao aumento da eficiência energética dos motores de combustão interna operando com etanol hidratado em relação ao mesmo motor operando com gasolina brasileira.

O objetivo deste trabalho é desenvolver um catalisador monolítico para a reforma do etanol ou gasolina para a produção de hidrogênio, simulação numérica em softwares de simulação de motores e a realização de ensaios em bancada dinamométrica em um motor monocilíndrico de pesquisa, para avaliação de desempenho e emissão de poluentes. Neste projeto, serão estudados catalisadores e processos visando o desenvolvimento de sistemas para geração de hidrogênio a partir da reforma oxidativa e a vapor com combustíveis disponíveis no mercado nacional, onde o etanol é hidratado e a gasolina contem até 27,5% de etanol.

Como objetivos secundários, podemos destacar a integração entre indústria, instituições de ensino e de pesquisa para que juntos, possamos alinhar o melhor caminho a ser percorrido e cumprir o presente projeto de pesquisa.

O projeto tem por objetivo geral aumentar a eficiência energética do etanol frente à gasolina, por meio da aditivação com hidrogênio obtido por processo de reforma embarcada de etanol visando a redução de consumo, de emissões e aumento de desempenho.


FEI
INT
ufascar