Detecção de motocicletas no ponto cego do veículo utilizando sensor radar

Chamada Pública 01/2020 - Linha V


Situação: Em Execução



Aporte Fundep: R$ 997.710,50



Início: 22/12/2020



Duração: 24 meses


  • ICTs: Faculdade de Engenharia de Sorocaba – FACENS; Instituto Tecnológico da Aeronáutica – ITA; Technische Hochschule Ingolstadt – THI;
  • Empresas: Robert Bosch; Ford Motor Company Brasil
  • Coordenador Geral: Lester de Abreu Faria
  • Eixo: CONSEV
  • Chamada Pública: 01/2020
  • Contrapartida Econômica: R$ 704.600,00

  • OBJETIVO GERAL:

A fim de mitigar as consequências desastrosas de uma colisão direta entre carro e moto, o projeto objetiva o desenvolvimento de algoritmos capazes de melhorar a segurança durante a condução do veículo. Para tanto, será realizado um estudo profundo do comportamento das ondas milimétricas do radar ao incidir em veículos de duas rodas, obtendo, assim, a assinatura de radar do alvo. Essa identificação permite o entendimento das falhas de detecção que podem ocorrer em situações de risco para os veículos, levando a descoberta dos limites de detecção de motocicletas para radares de canto (corner-radar) comerciais.

Os pilares que sustentam este trabalho são a realização de testes reais e virtuais, em softwares de simulação, o que permitirá uma grande aquisição de dados para estudo. Além de conseguir comparar as diferenças nos resultados provenientes dos testes, a aquisição dos dados concederá toda a base para o desenvolvimento de um dos grandes marcos do projeto, que é a criação de um modelo de radar, baseado em inteligência artificial, que é capaz de gerar dados sintéticos e realistas.

Ademais, um software de alerta ao motorista será desenvolvido, sendo responsável por avisar o condutor quando o veículo estiver em uma situação de perigo iminente, ou seja, quando uma motocicleta estiver se aproximando pelo corredor e, possivelmente, em um ponto cego. Para que esse alerta ao motorista seja feito da maneira mais adequada, um estudo da relação homem-máquina será conduzido, visando entender e implementar o modelo de interação mais adequado ao sistema.

Além dos resultados práticos e teóricos que serão obtidos, o projeto tem como visão a capacitação de estudantes e pesquisadores na área de segurança veicular, trazendo maior preocupação aos problemas que ocorrem com grande incidência no Brasil (como o tema proposto) e fomentando uma cadeia de profissionais dedicados em reduzir a alta taxa de mortalidade nas vias brasileiras.


facens
THI
8-ita
bosch
ford