Avaliação de sistemas de alta pressão de injeção operando com etanol brasileiro

Chamada Pública 01/2020 - Linha V


Situação: Em Contratação



Valor: R$ 995.632,86



Início: Em breve



Término:


  • ICTs: Universidade de São Paulo – USP; Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo – IPT; Instituto Mauá de Tecnologia – IMT
  • Empresas: PSA Peugeot Citroën do Brasil; Robert Bosch; FCA Fiat Chrysler Automóveis Brasil; Marelli Sistemas Automotivos Indústria e Comércio Brasil; UNICA – União da Agroindústria da Cana-de-açúcar do Estado de São Paulo.
  • Coordenador Geral: Marcelo Martins Seckler
  • Eixo: BIOET
  • Chamada Pública: 01/2020
  • Contrapartida Econômica: R$ 1.522.235,50

  • OBJETIVO GERAL:

Propõe-se, nessa pesquisa, inicialmente identificar a origem do contaminante pela interação com empresas e entidades do setor de bioetanol (EPUSP, IMT), coletar amostras de diversos pontos na cadeia de produção do etanol para testes em bancada de sistema de injeção para identificar quais delas ocasionam deposição. Uma vez identificado o ponto na cadeia onde se origina o problema, será realizada a caracterização físico-química aprofundada das amostras problemáticas (IPT). Em paralelo, serão conduzidos estudos sobre os fundamentos da interação de poliolefinas com etanol (EPUSP), os quais darão subsídios para entender o processo de deposição de goma no motor. Na fase final do projeto, quando os contaminantes e seu comportamento de deposição forem conhecidos, tanto em seus aspectos fundamentais quanto na situação de interesse em motores, serão desenvolvidas soluções para a que ser evite a formação desse depósito. As soluções serão comprovadas em motor, viabilizando assim a continuidade da aplicação bem sucedida do etanol de origem brasileira em trens de força avançados. A pesquisa agrega as competências em motores existentes no IMT, em caracterização de bioetanol no IPT e em processos de formação de sólidos na EPUSP. Além disso, tem o apoio de quatro empresas do setor automotivo e de uma associação do setor de bioetanol.

  • OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
  • Identificar origem de formação dos contaminantes presentes no etanol brasileiro que estão provocando a formação da goma;

  • Desenvolver métodos laboratoriais para caracterização dos contaminantes;
  • Identificar os fenômenos e a causa raiz associados à formação de goma;
  • Construir bancada de testes para sistemas de injeção de combustível de alta pressão de modo a explorar as condições de formação de goma em bombas e injetores de combustível, e posterior confirmação/validação em testes de motores;
  • Investigar as condições operacionais do motor de injeção direta de alta pressão (high pressure direct injection) e de seus subsistemas, quando empregando o etanol brasileiro como combustível, de modo a identificar as condições propícias para formação da goma. Avaliar a necessidade de aperfeiçoamento de especificações de etanol brasileiro em função dessas descobertas;
  • Desenvolver recursos humanos especializados: engenheiros, mestres e doutores capacitados a atender às demandas da indústria nacional.

11-usp
10-maua
citroen
Peugeot
FCA
Marelli